Intercâmbios institucionais

Os membros do PPGBIOTEC participam e interagem com Instituições públicas e privadas localizadas no Estado do Espírito Santo, assim como estabelecem convênios, intercâmbios e colaborações com instituições de outros estados da Federação. Esta integração e cooperação com outros programas e centros de pesquisa e desenvolvimento profissional relacionados à área de conhecimento do programa, tem sido de extrema importância para apoiar o desenvolvimento da pesquisa e da pós-graduação.

Algumas parcerias já estão bem consolidadas e envolvem a participação de vários professores do Programa. Dentre as parcerias mais consolidadas, destacamos a estreita colaboração do PPG Biotec com o Programa de Pós-Graduação em nível de Doutorado da Rede Nordeste de Biotecnologia (RENORBIO). Nove professores do Núcleo Permanente também fazem parte do corpo docente da RENORBIO. Consolidando esta integração, destacamos que no quadriênio foram formados 23 doutores em Biotecnologia no ponto focal da UFES, no qual estes docentes estão inseridos, em parceria com a RENORBIO, sendo a maior parte dos trabalhos de conclusão desenvolvidos nas linhas do PPG Biotec UFES. Ainda podemos enfatizar que os dois Programas compartilham os espaços comuns, como salas de aula, auditórios e demais dependências. A secretaria destes Programas é integrada, e muitos procedimentos tem sido uniformizados para manter a harmonia do Programa, dos alunos e professores.

Outra parceria bastante antiga e extremamente relevante é a colaboração do PPG Biotecnologia com o Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (INCAPER). Esta colaboração vem mantendo-se desde o início do Programa, no ano de 2007, e tem sido fundamental para a qualificação de diversos profissionais na Área de Biotecnologia no Agronegócio, bem como tem fortalecido a produção acadêmica do Programa, tendo forte inserção social e grande capacidade na captação de recursos.

Adicionalmente, também observamos neste quadriênio, um aumento significativo do número de Projetos interinstitucionais, com captação de recursos financeiros externos para o desenvolvimento de projetos de pesquisa integrados, sobretudo com outros centros de pesquisa na área, distribuídos pelo Brasil.

A colaboração com o Programa de Pós-Graduação do Instituto de Biociência da USP (Programa nota 6) através do Edital MCTI/CNPq/MEC/Capes, Ação Transversal nº 06/2011, Casadinho/Procad, iniciada em 2011 manteve-se em contínua atividade desde então. Este projeto tem como foco principal o desenvolvimento de pesquisas com células tronco, sob a coordenação da Profa. Flavia de Paula, integrante do NP do PPG Biotec e das professoras Mayana Zaitz, Maria Rita Passos-Bueno e Célia P. Koiffman do Instituto de Biociências da USP. Podemos destacar também a continuidade do desenvolvimento do projeto com apoio financeiro da Fundação de Âmparo à Pesquisa do Espírito Santo, através do Edital FAPES PPSUS 010/2013 processo N. 65849124, voltado a resolver e propor soluções para o SUS, também coordenado pela Profa. Flavia de Paula.

Destacamos também as diversas colaborações estabalecidas entre professores do PPGBIOTEC com professores de outras instituições nacionais participantes de Programas de Pós-Graduação nível 7 na CAPES, como os Programas do Instituto de Bioquímica Médica e do Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho da UFRJ.

Além disso, os membros do PPGBIOTEC que atuam na área de Biotecnologia Aplicada ao Agronegócio mantêm cooperação com o PPG em Ciências dos Materiais do Instituto Militar de Engenharia (IME), principalmente na concepção de novos equipamentos para aplicação no setor.

Os professores do Programa também colaboram e mantém atividades de intercâmbio e estreita parceria com outros centros, sendo os principais: o Hospital Moncorvo Filho, Instituto de Ginecologia e Obstetrícia, UFRJ, Rio de Janeiro, RJ; Instituto Nacional do Câncer, Rio de Janeiro, RJ e Instituto do Coração da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo.

É importante também ressaltar a colaboração de docentes do NP do PPGBiotec, professores Iuri Louro, Sandra von Zeidler e Adriana Madeira, da área de Biotecnologia na Saúde, com o grupo GENCAPO no desenvolvimento de pesquisas. Este grupo é reconhecido em todo o Brasil por agregar várias instituições de ensino, pesquisa, além de hospitais de vários municípios do Estado de São Paulo, com a finalidade de desenvolver pesquisas na área de oncologia. Estas colaborações têm favorecido a troca de experiências entre discentes e docentes, o aumento das oportunidades de captação de recursos financeiros e a melhoria na produção científica.

Nesta mesma área, também destacamos o intercâmbio entre o PPG Biotec e o PPG em Ciências da Saúde da Universidade Federal de Goiás, conceito 5, para o desenvolvimento de projetos integrados de pesquisa, com captação
de recursos da FAPES como Universal 2011 cujo auxílio financeiro foi empregado no desenvolvimento de biomarcadores de prognóstico tumoral e do MEC- SISu Edital PROEXT 2013, para a formação de profissionais da saúde na área de oncologia.

Ressaltamos também o apoio financeiro da FAPES, através do Edital FAPES UNIVERSAL INTEGRADO 2014 a mais um projeto que vem consolidando a parceria em estudos na área de oncologia, bem como a produção científica com membros do PPG em Ciências da Saúde da Universidade Federal de Goiás, Programa conceito 5; e com a Fundação Antônio Prudente - Hospital A.C. Camargo, em São Paulo.

Além dos intercâmbios já estabelecidos, o Programa também incentiva os seus discentes a participarem de estágios, cursos e visitas técnicas em outras instituições estaduais e nacionais. Adicionalmente, professores e discentes são motivados a participarem de editais promovidos por diferentes agências de fomento, especialmente aqueles que englobam projetos integrados com outras instituições brasileiras.

Intercâmbios Internacionais

Ao longo destes anos, o PPG Biotecnologia trabalhou intensamente em ações voltadas à internacionalização. Dentre as iniciativas para atingir esta meta, destacamos o incentivo à realização dos intercâmbios internacionais, ao longo deste último quadriênio, reconhecendo a importância desta ação para alcançar uma melhoria significativa da produção técnica e científica do programa além de incrementar o desenvolvimento tecnológico e a inovação.

Como resultado destas iniciativas, ao longo destes anos, o PPG Biotec ampliou significativamente suas colaborações com instituições internacionais, cumprindo as metas de troca de informações, incentivo à mobilidade de professores e estudantes e aumento da produção de conhecimento utilizando tecnologias inovadoras.

Destacamos assim o Estudo INTERCHANGE - Estudo do Câncer de Cabeça e Pescoço na América Latina, coordenado e financiado pela International Agency for Research on Cancer (IARC), órgão da Organização Mundial de Saúde, responsável pelos estudos mundiais sobre câncer. Este estudo longitudinal iniciou seu projeto piloto em 2011, seguido da implantação do protocolo de pesquisa durante os 3 anos subsequentes e seguimento de 5 anos, com previsão de conclusão em 2020. Este estudo é financiado pelo IARC que destina os recursos para o Hospital do Câncer e o Laboratório de Patologia Molecular da UFES, vinculado ao PPG Biotecnologia. Trata-se de um dos maiores estudos sobre epidemiologia e etiologia destes tumores já desenvolvido na América Latina onde um dos professores do PPG Biotec integra sua equipe executora, a qual envolve os seguintes centros:
-Instituto de Oncología "Ángel Roffo" Buenos Aires-Argentina
-Hospital Italiano de Buenos Aires Buenos Aires-Argentina
-Associação de Combate ao Câncer em Goiâs Hospital Araújo Jorge-Goiania-Brazil
-Hospital A C Camargo- Sao Paulo-Brazil-Brazil
-Universidade Fedral do Espírito Santo, ES-Brazil
-Hospital Santa Rita de Cássia-Vitoria-Brazil
-Instituto Nacional do Cancer – INCA-Rio de Janeiro-Brazil
-Fundación Santafé de Bogotá Bogotá-Colombia
-Hospital Pablo Tobón Medellín-Colombia
-Hospital de Clínicas Dr. Manuel Quintela Montevideo-Uruguay
-Fundação PIO XII, Hospital de Câncer de Barretos, Barretos
-Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto, SJ Rio Preto
-Faculdade de Odontologia, USP, São Paulo
-Instituto de Medicina Tropical de São Paulo, USP, São Paulo - Instituto Ludwig de Pesquisa sobre o Câncer, São Paulo
-Hospital Heliópolis, São Paulo
-Faculdade de Medicina, USP, São Paulo
-Faculdade de Saúde Pública, USP, São Paulo
-Faculdade de Ciências Farmacêuticas, USP, Ribeirão Preto
-Instituto do Câncer Arnaldo Vieira de Carvalho, São Paulo
-UNESP/Faculdade de Engenharia, Ilha Solteira
-Faculdade de Medicina do ABC, São Bernardo do Campo
-Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, São Paulo
-Centro de Pesquisa Experimental, Instituto Israelita de Ensino e Pesquisa Albert Einstein, São Paulo
-Instituto de Biociências, USP, São Paulo
-Instituto do Câncer do Estado de São Paulo Paulo Octavio Frias de Oliveira

No decorrer deste quadriênio, 2 professores do NP do PPG Biotec foram afastados para realizar estágio pós-doutoral no Reino Unido, desenvolvendo pesquisas relacionadas à Biotecnologia na saúde. Também tivemos uma professora realizando licença capacitação na Bélgica, com foco na área de Biotecnologia no Agronegócio. Estas ações são importantes pois favorecem o estabelecimento de convênios, a atualização dos professores e a oportunidade de desenvolvimento de projetos em colaboração.

Como resultado destes esforços, algumas parcerias foram oficializadas. Na área de oncologia, destacamos a assinatura do Acordo de Colaboração Acadêmica firmado entre a UFES em 2015, sob coordenação de um docente do NP do PPG Biotec e a School of Cancer Sciences da University of Birmingham, no Reino Unido. Fazendo parte deste acordo de colaboração os pesquisadores de ambas as universidades firmaram um convênio de reciprocidade para desenvolver um projeto que investiga a aplicação de um painel de biomarcadores de progressão tumoral em câncer oral e orofaríngeo, sendo parte dos custos financiados pelo Institute of Head and Neck Studies and Education, da University of Birmingham.

Outro destaque na área de Biotecnologia na Saúde foi o projeto desenvolvido em colaboração entre a UFES e a University College London, intitulado: "Characterization of Leishmania–Specific T Cells in Skin and Blood during cutaneous and mucocotaneous leishmaniasis caused by Leishmania brasiliensis". Este projeto foi aprovado em 2016 e prevê o intercâmbio entre docentes de ambos países e obteve apoio financeiro do Newton Fundation, Medical Research Concil /CONFAP.

Destacamos também as atividades desenvolvidas na linha de pesquisa em Robótica, na área de Biotecnologia na Saúde, onde convênios e acordos de colaboração foram firmados entre docentes do PPG Biotec e Universidades de várias partes do mundo, possibilitando o intercâmbio entre professores e estudantes e a implementação de novas tecnologias. Como exemplos, podemos citar o recentemente aprovado (Março de 2016) Projeto desenvolvido entre a UFES e University of Alberta, no Canadá; e Universidad Nacional de San Juan, Argentina. Este projeto tem vigência de 05 anos e Apoio Financeiro da CAPES estudará o uso da Robótica e Tecnologia Assistiva para Crianças e Adultos com Deficiência.

Também foi firmado o Acordo de Cooperação entre a Ryerson University, do Canadá e a UFES. Neste acordo está sendo desenvolvido o Projeto de pesquisa "Exoesqueleto Robótico Controlado por Sinais Mioelétricos de Superfície e Sensores Inerciais". Este acordo tem vigência de 05 anos e irá facilitar o intercâmbio de alunos e professores do programa, contribuindo para o desenvolvimento e aprimoramento de novas tecnologias assistivas. Conta com apoio financeiro da CAPES e participação discente em atividades e em publicações no exterior.

Outros acordos e intercâmbios já firmados nesta área foram mantidos neste quadriênio, como por exemplo:
- Interação científica com a Universidad La Sabana, Universidad De Los Andes e Universidad del Valle, ambas da Colômbia, através de projeto apoiado pelo CNPq e COLCIENCIAS em análise de sinais mioelétricos de superfície (sEMG) para caracterização de movimento humano.
- Parceria Acadêmica e Científica em análise de sinais mioelétricos de superfície para aplicações em próteses de membro superior em colaboração com a RMIT University, Austrália.
- Intercâmbio científico com o Laboratório de Materiais Magnéticos do Centro Atômico de Bariloche, Argentina coordenado pelo Dr. Carlos Ramos, no desenvolvimento de modelos relacionados à espectroscopia.

Também é importante registrar a pareceria realizada com o Institute for Stem Cell Research e Institut de Myologie na França, através do Programa de Cooperação e Apoio a Redes de Pesquisa Brasileiras e Francesas, coordenado pela Profa. Dra. Mayana Zaitz da USP, no qual fazem parte professores da área da Biotecnologia para a Saúde do PPGBIOTEC, com foco em estudos em Células Tronco e Doenças Genéticas.

Ressaltamos também a continuidade de várias parcerias já estabelecidas, na área de Biotecnologia no Agronegócio, onde podemos destacar:
- Intecâmbio com a Universidade de KU-LEUVEN, na Bélgica onde está sendo desenvolvido um projeto de pesquisa relacionado à produção de etanol de primeira e segunda geração a partir de casca de coco verde. Este acordo contou com a participação de 2 discentes e a publicação de um artigo.

  • Convênio de cooperação internacional entre a UFES e o Centro de Investigación Científica de Yucatán (CICY) no México, firmado em 22 de agosto de 2012, que prevê o intercâmbio científico e a mobilidade de alunos e professores. Este Projeto conta com apoio financeiro do CNPQ, CAPES, FAPES e CONACYT.

  • Universidade de Princeton e Universidade da Pensilvânia, EUA.
    Possibilitou a interação científica com Prof. Dr. James Broach do Departamento de Biologia Molecular e sua equipe, especificamente nos estudos relacionados à resposta gênica de levedura Saccharomyces cerevisiae a estresse.

  • Universidade do Texas em El Paso, EUA.
    Intercâmbio científico com os Profs. Drs. Igor C. Almeida, Silas P. Rodrigues, Lilian L. Nohara e Ernesto S. Nakayasu do The Border Biomedical Research Center, Department of Biological Sciences, no desenvolvimento e publicação de pesquisas com proteômica da meleira do mamoeiro.

  • Instituto de Agroquímica y Tecnología de los Alimentos (IATA-CSIC), Valencia, Espanha.
    Promoveu a interação cientifica com o Dr. Antonio Martinez para execução do projeto intitulado Resistência e adaptação microbiana aos preservativos naturais, que conta com financiamento do Projeto AGL 2010-22206-Co2-01 e do FEDER programa, totalizando 20.000,00 euros.

  • Universidade do Minho, Portugal.
    Interação científica com o Prof. Dr. Cledir Santos e Prof. Dr. Nelson Lima do Centro de Engenharia Biológica, Micoteca da Universidade do Minho, no desenvolvimento de pesquisas para o diagnóstico e identificação precisa de fungos fitopatogênicos utilizando o Matrix-Assisted LaserDesorption⁄ Ionisation Time-Of-Flight Mass Spectrometry (MALDI-TOF MS).

  • Université Pierre et Marie Curie, França.
    Interação científica com o Professor Richard Kerner em projetos relacionados à classificação e tendências evolucionárias de capsídeos icosaédricos virais e modelos matemáticos em sobrevivência, crescimento e morte de células submetidas a estresses.

Estes intercâmbios tem tido um papel importante no Programa, promovendo a mobilidade entre docentes e discentes do PPGBiotec e de instituições internacionais reconhecidas na área, sendo fundamentais para a consolidação e crescimento do Programa de Pós-graduação em Biotecnologia, além de impulsionarem o desenvolvimento científico e tecnológico.

Transparência Pública
Acesso à informação

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Marechal Campos, 1468 - Maruípe, Vitória - ES | CEP 29043-900