Projeto de Aluna RENORBIO é premiado na Suiça e é tema na Folha de S.Paulo

Foi premiado na Suíça o projeto "Sensor Óptico aplicado à Bioengenharia de Órgãos", desenvolvido pela aluna de doutorado RENORBIO RAYSSA HELENA ARRUDA PEREIRA em conjunto com seu orientador, Prof BRENO VALENTIM NOGUEIRA, com intuito de ajudar a viabilizar o transplante de órgãos com o uso de células-tronco do próprio paciente.  A iniciativa foi premiada na Suíça, quando Rayssa participou do Academy-Industry Training Brazil (AIT-Brazil).

O projeto ficou entre as oito pesquisas brasileiras de alto nível – seis do estado de São Paulo e duas do Espírito Santo – selecionadas para participar de um treinamento nas áreas de marketing e empreendedorismo e estimular sinergias entre elas.
 
A ideia de desenvolver o sensor foi sugerida pelo professor Breno, que integra o Laboratório de Ultraestrutura Celular Carlos Alberto Redins (Luccar), dedicado ao desenvolvimento de tecnologias aplicadas à saúde, especialmente ao  desenvolvimento de terapias celulares e de órgãos in vitro.
 
O Programa de Pós-graduação em biotecnologia parabeniza ambos por esta conquista, assim como toda a equipe do LUCCAR. Excelente trabalho!
 
Abaixo seguem matérias divulgadas na página da UFES e na Folha de São Paulo:
 
 
Tags: 
Transparência Pública
Acesso à informação

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Marechal Campos, 1468 - Bonfim, Vitória - ES | CEP 29047-105